Passar para o Conteúdo Principal

Miranda do Douro leva Cultura e Arte à Prisão

Frente fechado 1 980 2500
17 Fevereiro 2016
A partir da próxima sexta-feira, Miranda do Douro conta com mais um espaço cultural, uma incubadora cultural e artística, instalada nas antigas instalações da Prisão do concelho. Uma infraestruturas cedida, através de protocolo com o Ministério da Justiça, de forma a revitalizar o espaço.
A prisão reveste por si só, numa simbologia muito específica e estreitamente antagónico de privação/recuperação da liberdade.
São diversas as situações e circunstâncias determinantes da privação da liberdade, confinando o individuo ao espaço físico que conforma uma prisão, dentro da qual o primado da inversão do estado de vivência concreta determina que a mesma seja, muito mais do que um espaço de privação e de castigo, um espaço de imaginação e de criatividade por excelência, com carga de futuro, o amanhã.
Mesmo depois de desativada e de cessar a sua função original, uma prisão não deixa de manter uma carga simbólica que ultrapassa possíveis funcionalidades do espaço físico da mesma.
Assim sendo, a imaginação e criatividade podem ser os elos de ligação entre a “servidão” do passado e a utilização do presente, constituído um espaço privilegiado de desafio para intervenções e afirmações artísticas, culturais e cívicas das diversas entidades culturais.
Neste sentido, pode ser uma alavanca para a criação de novos públicos, por um lado e para a divulgação de expressões e de intervenções que de outro modo não teriam visibilidade ou seque com a possibilidade de apresentação.
Acresce ainda, que ao situar-se num espaço nobre da cidade, com grande carga história, no qual importa incrementar dinâmicas de ação cultural que potenciam a sua fruição, aos mais diversos níveis.
O espaço está dotado de várias celas e em cada um dela podem funcionar micro teatros, espaços dedicados às artes plásticas, à escrita, à pintura, música, etc.
O edifício albergou a cadeia é contíguo ao tribunal judicial de Miranda do Douro, mas sem funções atribuídas há já vários anos.
A nova incubadora cultural e artística será apresentada publicamente, na sexta-feira, dia 19 de fevereiro, às 17 horas, numa cerimónia inserida no Festival de Sabores Mirandeses.

Partilhar