Passar para o Conteúdo Principal

Programa de Apoio aos Agentes Culturais está aberto durante o mês de março

Programa de apoio banner 1 980 2500
26 Fevereiro 2016

Decorre entre 1 e 31 de março 2016 o período de candidaturas ao Programa de Apoio aos Agentes Culturais (PAAC) da Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN).

No domínio das atividades de carácter não profissional e ao abrigo de um Regulamento próprio, a DRCN apoia iniciativas culturais locais ou regionais que, pela sua natureza, correspondam a necessidades ou aptidões específicas da região e não integrem programas de âmbito nacional, bem como os agentes, as estruturas, os projetos e as ações nos domínios artísticos e da cultura tradicional na região Norte.

Podem candidatar-se ao PAAC todos os agentes culturais da região Norte de Portugal, entidades individuais ou associativas locais ou regionais de carácter não profissional ou, quando profissional, não estando a beneficiar de apoio da tutela da Cultura, designadamente através da DGARTES.

Cada entidade poderá candidatar, anualmente, apenas um projeto e durante os períodos destinados a apresentação de candidaturas.

Estão estabelecidas quatro áreas de apoio, independentemente da área ou expressão artística contemplada, de que fazem parte a edição, formação, criação /produção e Programação/Difusão.

Para efeitos de apreciação das candidaturas e atribuição de apoios, serão considerados como critérios, encarados como prioritários, em qualquer área de apoio supra mencionada, a preservação, valorização e promoção do património cultural, da Língua Portuguesa e do Mirandês; a educação para a cultura e para a arte, desenvolvendo atividades de natureza cultural e educativa, sobretudo junto do público infantil e juvenil; a inovação artística e cultural, promovendo a pesquisa, criação e experimentação, numa perspetiva de atualização do tecido artístico e cultural e o combate à exclusão social e à desertificação do interior, incluindo na programação itinerâncias, numa lógica de circulação pela região, privilegiando as zonas menos favorecidas em termos de oferta cultural.

A atribuição de subsídio tem ainda em conta a formação de novos públicos, envolvendo a participação ativa das comunidades, numa ótica de promoção da qualidade de vida e da qualificação das populações, num exercício de cidadania e a criação de parcerias e redes de colaboração, numa lógica de produção artística e cultural em rede, com diversos organismos, como autarquias, escolas, fundações, ou outras instituições.

O PAAC tem um Regulamento específico, bem como um Formulário de Candidatura , disponível para consulta por parte de todos os agentes culturais interessados.

Partilhar