Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Miranda do Douro: Doze empresas criadas no Planalto Mirandês relevam empreendedorismo no feminino

13 Março 2014

13-03-2014| RBA

Um projeto empreendedor lançado no Planalto Mirandês permitiu que 12 mulheres da região consolidassem a sua veia empresarial, desenvolvendo negócios próprios em diversos ramos de atividade e colocando em evidência a igualdade de género.

“O grande objetivo do projeto foi o de potenciar a criação de 12 empresas promovidas por mulheres. Agora todas as atividades criadas vão ser promovidas numa rede que vai permitir divulgar cada um dos negócios apresentados”, explicou a coordenadora do projeto, Benedita Aguiar.

O projeto surge no âmbito de uma iniciativa da Associação Cultural e Desportiva de Atenor e teve o apoio do Estado e do Fundo Social Europeu.

“Cada uma das empresárias vai receber um prémio de cerca de cinco mil euros que permite alavancar cada uma das iniciativas empresariais. Há mulheres com um excelente potencial empreendedor e que puderam tirar da gaveta projetos que já alguns anos aguardavam uma oportunidade e não arrancaram por falta de apoios”, acrescentou a técnica.

Na sequência do projeto de empreendedorismo no feminino foram entrevistadas 51 mulheres da região do planalto mirandês, das quais foram selecionadas 12 com base “no perfil motivacional e empreendedor”.

As 12 selecionadas frequentaram um curso de formação que incidiu sobre às áreas da igualdade de género, gestão, relações interpessoais, liderança e tecnologias da informação e comunicação.

“Estas matérias lecionadas permitiram às formandas selecionadas ficarem dotadas de competências essenciais à gestão do negócio”, acrescentou Benedita Aguiar.

Todo o plano de negócio foi submetido à análise da Camisão de Cidadania e Igualdade de Género, para que cada uma das empresárias ficasse apta para receber um apoio de mais de cinco mil euros por projeto.

Partilhar