Mirandês for Kids ensina língua mirandesa através do YouTube

ng1451101_435x200

26 de Janeiro 2014 | Sol

Um professor está a recorrer ao Youtube para promover a língua mirandesa junto dos alunos mais novos, através da inclusão de vídeos didácticos interpretados e coreografados pelo personagem Eimilho Pica.

“Mirandês for Kids” é o projecto de Emílio Martins, professor de língua mirandesa no Agrupamento de Escola de Miranda do Douro que se transforma em Eimilho Pica para ensinar aos seus alunos os primeiros passos na segunda língua oficial em Portugal.

“O mirandês, para ser ensinado aos mais novos, tem de recorrer a uma vertente lúdica através de humor, do teatro ou da música. Se eu pedir aos meus alunos para decorar uma frase em mirandês, tenho de recorrer a uma música ou a uma lengalenga. Torna-se mais fácil a aprendizagem”, explica Emílio Martins.

Musicando ou encenando uma frase em mirandês, os alunos depressa a assimilam, com se tem verificado no Jardim de Infância de Sendim (Miranda do Douro), e depressa se apercebem que Emilho Pica é já um “sucesso”.

“As redes sociais são um bom instrumento para divulgar seja o que for. Dou o exemplo da indústria da música, onde plataformas como o Youtube acabaram por dar um forte abanão ao mercado discográfico porque as pessoas recorrem a esta rede para ouvir os seus temas preferidos”, exemplifica.

Emílio Martins tem já experiência na difusão da música cantada em língua mirandesa, visto ter sido o mentor da primeira Rock Agrícola Band, designada por Pica Tomilho, que, através de influência de diversos músicos nacionais e internacionais, quis divulgar o mirandês de uma foram diferente.

“Eu sou um homem que vivi os anos 80, mas também tenho a noção de que nos temos de adaptar às novas tecnologias para fazer coisas simples em prol da vivência mirandesa, para assim a espalharmos por todos os cantos do mundo”, enfatiza o professor/humorista.

Na rede social Youtube foram já descarregados 17 vídeos humorísticos, todos da autoria de Emílio Martins, que de uma forma simples visam transmitir a sua mensagem aos futuros alunos de língua mirandesa com mais de 2.000 visualizações cada.

Orquídea Xavier, educadora no Jardim de Infância de Sendim, refere que esta forma ensino ajuda muito à motivação dos miúdos para o mirandês.

A ideia do professor passa por colocar todas semanas um novo vídeo com uma nova historia, uma nova cantiga ou uma nova rábula, tudo falado num mirandês simples e fluente que obedece as regras da convenção ortográfica de língua mirandesa.

O ensino do mirandês, como opção, nas escolas do concelho de Miranda do Douro, é ministrado desde o ano lectivo 1986/87, por autorização do ministério da Educação.

Em 2008, foi estabelecida uma convenção ortográfica, patrocinada pela Câmara de Miranda do Douro e levada a cabo por um grupo de linguistas, com vista estabelecer regras claras para escrever, ler e ensinar o mirandês, bem para como estabelecer uma escrita o mais unitária possível e consagrar o mirandês como a segunda língua oficial em Portugal.

Publicado por Lusa/Sol

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=97743

Próximos Eventos

Atividades