Passar para o Conteúdo Principal
beni cun nós

PRIMEIRO CENTRO DE MARCHA E CORRIDA DO DISTRITO DE BRAGANÇA ABRIU EM MIRANDA DO DOURO

Img 0170 1 980 2500
20 Novembro 2018

O projecto integra a rede nacional de centros da Federação Portuguesa de Atletismo e está localizado no Estádio Municipal de Santa Luzia.
O primeiro Centro de Marcha e Corrida do distrito abriu, na passada quarta-feira, em Miranda do Douro. Os utilizadores vão ser acompanhados por um técnico de desporto e outro de saúde e têm acesso à rede nacional, que lhes permite a prática de actividade física organizada em qualquer local do país.

“Os utilizadores ao inscreverem-se no Programa Nacional de Marcha e Corrida podem treinar em qualquer centro a nível nacional. Por exemplo quem vai de férias e quer manter a actividade física pode procurar um centro próximo do local onde está de férias e realizar o seu treino nesse centro. A inscrição no centro nacional inclui um seguro desportivo, que é importantíssimo”, explicou Serafim Gadelho da Federação Portuguesa de Atletismo.

O centro, segundo Artur Nunes, “não tem custos para a autarquia” e para o autarca de Miranda do Douro é uma mais valia para o concelho, já que “proporciona a prática de desporto e aproxima as populações”, e “um desafio para outros município” para estabelecerem este protocolo com a federação.

Depois de Miranda do Douro está prevista a abertura de mais três Centros de Marcha e Corrida no distrito. “Macedo de Cavaleiros, Mogadouro e provavelmente Bragança vão ter um centro. Em Bragança foram estabelecidos contactos com a Associação dos Amigos do Campo Redondo integrar o projecto. Em Macedo e Mogadouro os centros devem abrir no início de 2019”, adiantou Rodolfo Moreno, presidente da Associação de Atletismo de Bragança.

A nível nacional há 85 Centros de Marcha e Corrida activos.

Jornalista:
Susana Madureira

Jonal: Nordeste

Partilhar