Passar para o Conteúdo Principal
Siga-nos

Seminário 'Capa de Honras, do saber fazer à marca identitária'

03 e 2022/12/04
Cartaz  25  1 980 2500
De 3 a 4 de dezembro, decorrerá no miniauditório de Miranda do Douro, o seminário "Capa de Honras, do saber fazer à marca identitária" que se irá focar na candidatura submetida ao Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial sobre a confeção da Capa de Honras, abordando os conteúdos da candidatura e as questões da Salvaguarda Urgente da confeção da Capa.
A Capa de Honras é uma das mais emblemáticas peças do vestuário tradicional português, com uma dimensão identitária única.
De porte majestoso, as origens da Capa de Honras remontam aos tempos medievais, derivando da capa de asperge ou capa pluvial, nos seus primórdios repousando sobre os ombros de clérigos e dignatários eclesiásticos.
A sua adoção pelas gentes mirandesas, entre boieiros e pastores, numa primeira fase e depois como atributo de fidalguia e de reconhecida importância social pelos seus portadores na comunidade mirandesa, fizeram desta peça de vestuário um símbolo da “proua” dos mirandeses, sendo hoje reconhecida como uma das mais representativas marcas identitárias da Terra de Miranda.

Partilhar