Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Património Arquitectónico

O património arquitetónico define-se pela qualidade estrutural e expressiva da obra edificada e, apresenta-se em diversas vertentes: militar, religioso, civil, civil de equipamento e civil de carácter popular. O património arquitetónico militar é definido pelos castelos, muralhas e atalaias. O castelo de Miranda do Douro sofreu várias alterações ao longo dos tempos, sobretudo com o aparecimento da pirobalística, que provocou alterações profundas na sua estrutura, salientando-se o baluarte do século XVI. As atalaias de provável cronologia medieva no concelho de Miranda do Douro encontram-se praticamente destruídas, permanecendo o topónimo. O património religioso é o património mais abundante no concelho, caracterizado por igrejas, capelas, cruzeiros, alminhas e cruzes. O património civil baseia-se sobretudo em solares e edifícios com funcionalidade pública. O património civil de equipamento traduz-se por estruturas como pontes e fontes. O património civil de carácter popular caracteriza-se por edifícios de habitabilidade comuns, pombais e moinhos, edifícios quotidianos das populações rurais.
O património arquitetónico é aquele que traduz com mais consistência a memória e a identidade de uma comunidade, a evolução da mentalidade e saber ao longo dos tempos, materialidades que subsistem e nos relembram o que fomos e o que somos.

Partilhar