Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Museu da Terra de Miranda

O Museu da Terra de Miranda localiza-se no Largo D. João III. Anteriormente, este edifício teve como funcionalidade ser os Paços do Concelho de Miranda do Douro. Este edifício, segundo Ernesto Vaz (VAZ, 2008) apresenta duas fases construtivas, a estrutura principal datável do período da vila-fortaleza medieva (finais do século XV, inícios do séc. XVI) ao qual é adossado no último quartel do século XVI, a arcaria em abóbada de berço, sobre finas impostas, que sustenta o alpendre, lajeado e mísulas com tríglifos, “das quais arrancamcinco colunas toscanas que escoram o telhado.” (VAZ, 2009)
Abade de Baçal: “Por cima da inscrição está gravado um escudo com as armas do reino e a orla dos sete castelos, tendo por baixo a data «1684» e na verga de uma porta, em arco redondo da mesma casa, o cronograma «1694». Esta inscrição, composta por António de Sousa de Macedo, secretário de Estado, comemora o juramento feito por el-rei D. João IV, nas cortes celebradas em 1646, de tomar por padroeira do reino Nossa Senhora da Conceição, constituindo-se seu tributário, e mandando que o acto ficasse consignado em monumentos epigráficos do teor deste em todas as cidades e vilas de Portugal. Na fachada desta antiga casa da câmara ainda se conserva o alpendre, apoiado em arcos e colunas de cantaria, mentideiro local, onde se toma o sol de inverno, a sombra de verão, o resguardo da chuva, passeando, conversando.”

Este edifício, também, foi ocupado pela cadeia, a partir de finais do século XVIII (1790) e em 1982, é instalado no local o Museu da Terra de Miranda.
Atualmente, o Museu exibe exposições temporárias (pintura, fotografia, juvenis, …), coleções de caráter arqueológico (Idade do Ferro e Romanização), mas, sobretudo coleções de índole etnográfica e antropológica, refletindo a vida e as tradições do denominado planalto mirandês.

 

ALVES, Francisco Manuel, Memórias arqueológicas do distrito de Bragança: repositório amplo de notícias corográficas, hidro-orográficas, geológicas, mineralógicas, hidrológicas, biobibliográficas, heráldicas (...). Bragança, 2000, 2ª edição.
FIGUEIREDO, Paula, Museu da Terra de Miranda. Área de Recursos Electrónicos, Pesquisa de Património Arquitectónico. Forte de Sacavém. (Consult. 10 Jun. 2016) Disponível em: DGMN (http://www.monumentos.gov.pt/site/app_pagesuser/SIPA.aspx?id=19685 )
VAZ, Ernesto, (2008): A morfologia da cidade. A evolução urbana de Miranda do Douro no espaço e no tempo. Centro de Estudos António Maria Mourinho. Tipalto-Palaçoulo. Miranda do Douro.
VAZ, Ernesto Albino, Miranda do Douro - Guia do Concelho. Câmara Municipal de Miranda do Douro. Miranda do Douro, 2009.

 

1957 1 arcos e varanda 1988 1 1988 3 1988 Antgos Paços do Concelho 1955 antiga camara e cadeia 1955 Fachada principal G.S. 1988  Fachada principal 2004 1 Fachada principal 2004 2010

Partilhar